Turim – A sueca Anja Paerson, que havia ganho quase tudo até ontem, conseguiu finalmente o seu primeiro ouro olímpico, no slalom (com 1min29s04) na Olimpíada de Inverno de Turim. Chegou à frente das austríacas Nicole Hosp, prata, e Marlies Schild, bronze. Também foi o primeiro ouro para o esqui feminino sueco na modalidade.

Anja Paerson ficou exultante. ?Até que enfim, não posso acreditar?, disse a sueca, que fará 25 anos. ?No slalon as diferenças são tão pequenas, que pode acontecer qualquer coisa. E a competição foi difícil por causa da neve.?

Seu pai e técnico, Anders Paerson, reconheceu que ?o objetivo da temporada era o ouro olímpico. E agora o temos. A medalha significa tudo para nós. Trabalhamos todo o inverno por essa medalha e o povo está em festa?, observou.

Brasileiros

A participação brasileira em Turim termina na sexta-feira, com a equipe formada por Ricardo Raschini, Edson Bindilatti, Márcio Silva e Claudinei Quirino no bobsled e Mirella Arnhold no slalom gigante. Na cerimônia de encerramento da competição, domingo, o porta-bandeira do Brasil será Nikolai Hentsch, que ficou em 30.º no esqui alpino a melhor colocação do País na modalidade.