A demissão do técnico Mano Menezes do comando da seleção surpreendeu Muricy Ramalho, atualmente no comando do Santos. Em entrevista coletiva hoje, ele garantiu ainda que só pensa no time alvinegro.

“Não dá nem para pensar em sonho, nada. Acho que agora está todo mundo se perguntando porque isso está acontecendo. Nesse momento todo mundo está surpreso, é cedo para pensar nisso até porque esse planejamento era para 2014”, afirmou Muricy após o último treino antes do clássico de amanhã, contra o Corinthians.

Ao atender um telefonema durante o treino, ainda no campo, Muricy levantou suspeitas dos jornalistas. Mas ele negou que tenha falado com representantes da CBF.

“Falo muito com minha esposa no telefone, mesmo no treino, e falo com pessoas que estão nos ajudando sobre jogadores que interessam ao Santos. Nada com seleção, até mesmo porque a gente está atrasado, tem jogador que temos o interesse mas tem negociação”, completou.

Muricy tem contrato com o Santos até o fim de 2014, mas pode ser liberado sem o pagamento de multa se receber convite para assumir a seleção. A CBF só deve anunciar o novo técnico em janeiro de 2013.