Indaiatuba (SP) ? O Team Honda abriu o Campeonato Brasileiro de Motocross neste sábado (8) conquistando três dos cinco lugares do pódio na categoria 85cc. Cezar Zamboni, do Mato Grosso, levou o título, seguido do goiano Everaldo Filho. O sergipano Rodrigo Lama fez uma corrida de recuperação e confirmou o quarto lugar. A primeira etapa está sendo realizada no Centro Educacional de Trânsito Honda, em Indaiatuba (SP).

O Team Honda esteve sempre ditando o ritmo da prova da 85cc. Gustavo Roratto largou na frente, mas seguido de muito perto por Zamboni, Everaldo e Rodrigo Lama. O mato-grossense pressionou o assumiu a liderança, administrando a posição até o final. ?Foi uma prova muito boa para mim. Estou feliz por ter começado o ano com vitória nesta prova maravilhosa e quero continuar assim, para ser campeão no final?, disse Zamboni, sem perder o fôlego mesmo com o forte sol que abriu no interior paulista. Ele também estreou vencendo na 85cc no Arena Cross.

Everaldo foi vice, mas está de olho no primeiro lugar. ?Cometi um erro durante a corrida e a vitória escapou. Vou continuar trabalhando muito para ser campeão na próxima etapa?, explicou. Já Rodrigo Lama estava em segundo lugar quando sofreu uma queda. ?Larguei mal, fui me recuperando e consegui ficar em segundo lugar. Acabei caindo, mas acredito que dava para vencer. Vou entrar com força total para a disputa da segunda etapa?, concluiu o sergipano. A próxima etapa do Brasileiro de Motocross será em Siqueira Campos (PR), nos dias 29 e 30 de março.

Neste domingo, os pilotos do Team Honda reservam mais emoções aos fãs do motociclismo. Atual campeão da MX1 e da MX2, Wellington Garcia entra em cena para disputar exclusivamente a categoria principal ? assim como Leandro Silva. Marcello ?Ratinho? e Jean Ramos estarão na briga da MX2 e da MX1, sendo que Dudu Lima acelera na MX2. Thales Vilardi defende as cores da equipe na MX2 e na MXJr, categoria que inclui ainda Hector Assunção e Gustavo Takahashi (confira a programação completa abaixo).

Nova categoria ? O sábado foi marcado ainda pela estréia da categoria Honda CRF 230F no Brasileiro de Motocross. A classe é um incentivo a os pilotos não profissionais, já que as motocicletas são originais e a manutenção é bastante acessível, podendo ser feita em qualquer uma das concessionárias Honda. Foram inscritos 45 competidores, sendo que o gate da bateria incluiu os 40 mais rápidos.

?A criação da categoria CRF 230F é muito importante para o motocross. Esta foi a primeira vez que eu competi no Brasileiro e estou muito satisfeito por ter vencido. A classe é bem acessível a todos que desejam competir e a motocicleta quase não exige manutenção?, garantiu Lucas Araújo, vencedor da prova, que mora em Chapecó (SC).

85cc

1 ? Cezar Zamboni (Honda CRF 150R)

2 ? Everaldo Filho (Honda CRF 150R)

3 ? Gustavo Roratto

4 ? Rodrigo ?Lama? (Honda CRF 150R)

5 ? Gabriel Zenni

Honda CRF 230F

1 ? Lucas Araújo

2 ? Nivaldo Viana

3 ? Marcos Roberto

4 ? Person Pauletto

5 ? Thiago de Oliveira

* Programação ? Brasileiro de Motocross

Indaiatuba (SP)

Domingo

9h?9h45 – Treinos livres ? MX2

9h50 ? Treinos livres – MXJr

10h15 ? Treinos livres ? MX1

11h40 ? Treinos cronometrados ? MX2

12h30 ? Treinos cronometrados – MXJr

12h55 ?Treinos cronometrados ? MX1

14h10 ? Abertura oficial

14h20 ? Provas ? MX2

15h15 ? Provas – MXJr

16h ? Provas ? MX1

* A programação é fornecida pela Confederação Brasileira de Motociclismo e pode ser alterada.

O Team Honda tem apoio da Mobil, Pirelli, Showa, ASW, Polisport, Riffel, Consórcio Nacional Honda, Oakley, Orbital, D.I.D., NGK, Master Freios, Pro Taper e Griffe Correa.