O técnico do Arsenal, Arsène Wenger, foi suspenso por três jogos pela Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês), nesta sexta-feira. O treinador foi punido por ter ofendido o árbitro do jogo do seu time contra o West Bromwich, no domingo, em rodada do Campeonato Inglês.

Wenger criticou com veemência o árbitro do jogo pela marcação de pênalti a favor do rival nos minutos finais da partida. O Arsenal vencia por 1 a 0, mas o West Bromwich buscou o empate na cobrança da penalidade. Ao fim da partida, o treinador foi até o vestiário do árbitro para reclamar da marcação.

De acordo com a FA, Wenger “admitiu que sua linguagem e o seu comportamento no vestiário da arbitragem foi abusiva, imprópria e que questionava a integridade do árbitro da partida”.

O primeiro jogo de suspensão do treinador será cumprido no domingo, contra o Nottingham Forest, pela Copa da Inglaterra. O segundo será contra o Chelsea, no dia 10 de janeiro, pela semifinal da Copa da Liga Inglesa. E o último jogo de suspensão será contra o Bournemouth, no dia 14, em rodada do Inglês.

Além dos três jogos de gancho, Wenger terá que pagar multa de 40 mil libras (cerca de R$ 175 mil).