O técnico do Tottenham, Harry Redknapp, foi submetido a uma pequena cirurgia, nesta quarta-feira, para a desobstrução de suas artérias coronárias. De acordo com nota oficial do clube inglês, o treinador está bem e receberá alta do hospital já nas próximas 48 anos. Mais cedo, o Tottenham havia divulgado que Redknapp havia sido internado apenas para a realização de exames de prevenção.

O presidente do clube inglês, Daniel Levy, expressou o desejo do Tottenham de ter seu treinador de volta completamente recuperado. “Estamos muito satisfeitos que a operação foi tão tranquila e obteve êxito. Conhecendo Harry, ele vai querer voltar logo, mas é importante que ele só faça isso quando ele estiver recuperado”, ponderou.

Harry Redknapp, havia sido internado nesta manhã em Londres e por isso nem viajou com o elenco para a Rússia, onde a equipe inglesa enfrenta o Rubin Kazan, pela Liga Europa, na quinta. Há alguma semanas, o treinador de 64 anos afirmou que estava sentido exaustão pelo ritmo de trabalho. A imprensa inglesa, no entanto, levantou a hipótese de um problema cardíaco, já que o treinador toma remédios para o coração há dois anos.

Redknapp é técnico de futebol desde a temporada 1983/1984, quando começou no Bournemouth. Depois, passou por West Ham, Portsmouth e Southampton antes de chegar ao Tottenham, em 2009.

Na Liga Europa, o Tottenham é o líder do Grupo A, com sete pontos em três partidas, seguido pelo PAOK, da Grécia, com cinco. Nesta quinta-feira, a equipe inglesa será comandada pelo auxiliar Joe Jordan.