O Flamengo expressou sua indignação, por meio de uma nota publicada em seu site oficial, com as provocações feitas pelo técnico da Universidad de Chile, Gerardo Pelusso, antes do confronto que os dois times farão nesta quinta-feira, em Santiago, pelas quartas de final da Copa Libertadores.

O clube carioca lembrou que o treinador já havia criticado a zaga flamenguista, após a vitória por 3 a 2 no duelo de ida, no Maracanã, e agora resolveu “atacar” o Flamengo ao falar sobre a forma física dos atacantes Vágner Love e Adriano.

Em entrevista ao jornal La Cuarta, Pelusso afirmou que a zaga flamenguista é “um desastre” e, ao falar da dupla de ataque flamenguista, atirou: “Eles (Love e Adriano) estão acima do peso e, quanto mais colocarmos eles longe de nosso gol, mais fácil ficará para nós. Eles não conseguirão chegar até a nossa meta”.

O técnico do Flamengo, Rogério Lourenço, não escondeu a indignação com as declarações do treinador uruguaio. “Ele (Pelusso) deveria falar sobre o time dele. Mas quem tem boca fala o que quer. Eu, obviamente, não concordo com as declarações dele”, disse o comandante.