O técnico interino da Sérvia, Mladen Krstajic, foi direto ao ponto ao comentar sobre os adversários de sua equipe no Grupo E da Copa do Mundo, após o sorteio desta sexta-feira, em Moscou. Ele admitiu que o que resta para sua seleção é tentar lutar pelo segundo lugar na chave. “O Brasil seguramente é favorito. O resto – Sérvia, Costa Rica e Suíça – deverá lutar pelo segundo lugar”, disse.

Krstajic, aliás, nem sabe se irá ao Mundial. Ele comanda interinamente a equipe sérvia, após a demissão de Slavoljub Muslim, e a federação do país já deu indícios de que poderá trocar o comando para a Copa.

Para Krstajic, porém, o fato de jogar contra o Brasil em Moscou, no dia 27 de junho, pela terceira e última rodada da primeira fase, deverá ter um fator positivo: o apoio da torcida: “Será uma ocasião para os nossos torcedores e também para os torcedores russos irem ao estádio nos apoiar”.

O vice-presidente da Federação Sérvia de Futebol, Savo Milosevic, se disse “contente” por ficar no mesmo grupo que a seleção brasileira. Ele acredita que sua equipe tem plenas condições de chegar às oitavas de final. “Estou contente, vamos enfrentar um rival atrativo como o Brasil e isso é esplêndido”, afirmou.

A Sérvia se classificou para a Copa da Rússia como primeira colocada no Grupo D das Eliminatórias Europeias, que tinha também Irlanda, País de Gales, Áustria, Geórgia e Moldávia. Fez 21 pontos em 10 jogos. Seus destaques são Branislav Ivanovic, do Zenit, Kolarov, da Roma, Mitrovic, do Gent-BEL, e Matic, que atua no Manchester United.