O treinador Mano Menezes, do Corinthians, será julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) pela expulsão na partida contra o Ituano. Ele disse que foi expulso por ter chamado o árbitro, Flávio Guerra, de louco. Ciente de que pode pegar uma suspensão, Mano Menezes não quis comentar a atuação do juiz Elcio Paschoal Borborema no jogo de domingo.