Paulo Comelli não pretende poupar ninguém do jogo de encerramento da temporada. Na sexta, às 20h30, o Paraná Clube encara o Santo André, em jogo festivo para os donos da casa.

Pela primeira vez o clube paulista atua no Bruno José Daniel como novo integrante da Série A do Brasileirão. “Também pode ser um jogo festivo pra gente. Afinal, acordamos de um pesadelo”, comentou Comelli.

A rigor, o treinador só não poderá contar com o goleiro Mauro e o meia Kleber, suspensos. Até amanhã, o treinador terá uma posição do departamento médico quanto aos alas Fabinho e Rogerinho, que não atuaram na última jornada por conta de lesões musculares.

“Vamos ver quem está em condições. Não pretendo poupar ninguém”, antecipou o técnico. Mesmo aqueles atletas cujos contratos estão se encerrando devem ir pro jogo.

“Vamos tentar fechar esse ano com mais uma vitória”, disse o técnico. Seria a melhor seqüência da equipe em toda a competição. “Mesmo sendo um jogo menos tenso, vamos ter pela frente um adversário empolgado e atrás do vice-campeonato”, lembrou Comelli. Em terceiro lugar, o Santo André tenta ultrapassar o Avaí e para isso terá que vencer o Tricolor.

No treino de ontem, três ausências. Fabrício, Éder e Camacho aproveitaram o fim de semana prolongado para ir a Florianópolis. Acabaram ilhados e com as estradas interditadas não conseguiram chegar a tempo.