Horas depois de Thomaz Bellucci estrear em maratona de quatro horas e 28 minutos contra Rohan Bopanna (479º do ranking), e colocar o Brasil em vantagem no duelo contra a Índia, foi a vez de Ricardo Mello superar nova batalha nesta sexta-feira e deixar o país a uma vitória de voltar ao Grupo Mundial da Copa Davis.

Novamente por 3 sets a 2, o time verde e amarelo abriu 2 a 0 no confronto, desta vez com parciais de 4/6, 6/2, 6/7, 6/2 e 6/4 contra Somdev Devvarman, em quatro horas e 12 minutos de partida.

Sob o forte calor da cidade indiana de Chennai, os brasileiros sofreram no primeiro dia de repescagem, mas encerram a sexta-feira com o dever cumprido. Agora na madrugada deste sábado (6h30 de Brasília), as duplas se encaram em duelo que pode definir o Brasil como classificado à elite da Davis. O forte time local, formado por Mahesh Bhupathi e Leander Paes, pega Marcelo Melo e Bruno Soares, representantes da equipe verde e amarelo.

Entre os melhores

Já domingo, a série em Chennai será encerrada com mais dois jogos de simples. Enquanto Bellucci mede forças com Devvarman, Mello enfrenta Bopanna mais tarde. Em busca de um lugar entre os melhores do mundo, o Brasil não disputa a elite da Copa Davis desde 2003 e coleciona fracassos nos últimos anos.

Dever cumprido