A agência antidoping francesa anunciou nesta segunda-feira (13) que o austríaco Bernard Kohl, de 26 anos, terceiro colocado na Volta da França deste ano, foi flagrado no exame antidoping. O ciclista foi pego pelo uso do CERA, hormônio sintético derivado do EPO.

O caso de Kohl é o sétimo registrado na edição deste ano da prova, a mais importante do ciclismo mundial. Na semana passada, o alemão Stefan Schumacher também foi flagrado pelo uso do CERA.

O hormônio passou a ser identificado em testes recentemente, após o fim do evento. Assim, a organização anunciou que iria refazer a análise das amostras.

Além de Kohl e Schumacher, foram flagrados no exame antidoping, os italianos Riccardo Ricco e Leonardo Piepoli, os espanhóis Manuel Beltran e Moises Duenas Nevado e Dmitriy Fofonov, do Casaquistão.