Depois de ajudar a Argentina a golear a Espanha por 4 a 1, em amistoso disputado na última terça-feira, em Buenos Aires, o atacante Tevez surpreendeu ao afirmar que será complicado para ele defender o seu país na Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil.

Com apenas 26 anos de idade, Tevez já disputou os Mundiais de 2006 e 2010 e acredita que o seu físico estará muito desgastado daqui a quatro anos. “Estou cansado. Tenho 26 anos, estou velho”, exagerou o jogador, que marcou um gol e deu passes para os tentos de Messi e Higuaín contra os espanhóis.

“Sinto vontade de jogar e estar na seleção argentina, mas não sei se chego ao Mundial de 2014. Eu não sei (o futuro), mas acredito que será difícil”, ressaltou o atacante, para depois projetar sobre a sua condição física.

“Um jogador na seleção tem que estar bem, a 100%, e abrir mão de tudo. Eu não culpo a ninguém, mas é algo de mim, uma questão física”, disse Tevez, em uma entrevista para ao canal TyC Sports. “Não posso estar em uma seleção a 60%… Se for assim, eu saio e que jogue alguém que está melhor. Essa é minha forma de pensar”.