A certeza de que o time lutou até o fim foi o que confortou os jogadores rubro-negros na eliminação da Copa do Brasil, ontem para o América-RN. O reconhecimento do torcedor veio logo após o apito do árbitro, quando o time saiu de campo aplaudido. “O mais importante foi que lutamos e ganhamos o apoio do torcedor”, disse o volante Paulinho Dias, que deu o passe para Marcelo marcar o segundo gol do Furacão. A tristeza estava sim estampada em cada rosto dos jogadores do time rubro-negro, mas também a certeza de que, pelo menos no jogo de ontem, não faltou entrega. “A equipe lutou e está de parabéns”, disse o volante Deivid, autor do primeiro gol. O jogador também destacou a volta e o apoio da torcida. “Nossa torcida sempre fez a diferença e hoje não foi diferente”, completou.

‘Não tem explicação. Até o Weverton tentou ajudar, mas a bola não entrou. Mostramos ao torcedor que podemos e com o apoio deles somos ainda mais fortes’, destacou.

Deivid ainda falou sobre o novo treinador, Claudinei Oliveira, que assistiu ao jogo das arquibancadas. ‘Ele sabe que pode contar com a equipe. É um time jovem, que quer alcançar coisas boas e que vai fazer de tudo para ajudar’, finalizou.

O lateral Mário Sérgio se manifestou, mas através das redes sociais. O jogador lamentou a derrota mas fez questão de lembrar a dedicação da equipe. “A bola teimou em não entrar, mas eu acho que nós estamos de parabéns pelo jogo. Sabíamos que ia ser difícil. É difícil fazer um gol, imagina três”, disse o jogador.

Paraná Online no Facebook