A primeira fase da Copa da Alemanha, em seus 32 confrontos, foi marcada por algumas surpresas como as quedas de Mainz, Nuremberg, Stuttgart e Augsburg. Mas a maior de todas as zebras ficou para esta segunda-feira, quando quatro partidas fecharam a lista de 32 clubes classificados. Fora de casa, o Schalke 04 foi eliminado pelo Dynamo Dresden, que fica na região da antiga Alemanha Oriental e atualmente disputa a terceira divisão.

Com o apoio maciço de sua torcida, que lotou o estádio em Dresden, o Dynamo não deu chances ao tradicional time de Gelsenkirchen, terceiro colocado na última edição do Campeonato Alemão, e venceu por 2 a 1. Com um gol em cada tempo – de Justin Eilers e Nils Teixeira, respectivamente -, a equipe da casa abriu 2 a 0 e, apesar de Joel Matip ter descontado aos 33 minutos da segunda etapa, conseguiu segurar a histórica vitória, muito comemorada após o apito final.

Outro time da elite alemã que sofreu foi o Hamburgo. Mas teve melhor sorte que o Schalke 04 e avançou à segunda fase ao eliminar o Energie Cottbus, também da terceira divisão, fora de casa. No tempo normal e na prorrogação, empate por 2 a 2, que levou a decisão da vaga à disputa por pênaltis. E ela foi vencida pelo Hamburgo por 4 a 1.

Também nesta segunda se classificaram o Heidenheim, da segunda divisão, e o Kickers Offenbach, da quarta. A segunda fase será disputada nos dias 28 e 29 de setembro. Um sorteio definirá os 16 confrontos.