Dusseldorf – Dunga sofreu sua primeira derrota como treinador. Foi ontem, num jogo beneficente na cidade de Dusseldorf, na Alemanha.

Ele comandou a seleção formada por jogadores estrangeiros que atuam no futebol alemão e perdeu por 5 a 4 para uma seleção de jogadores alemães.

A partida, cuja renda será revertida para projetos sociais do Unicef para crianças de países pobres, teve a participação até do ex-jogador Jorginho, que hoje é auxiliar de Dunga na seleção. Ele fez um dos gols do time, junto com o também brasileiro Naldo – Zola e Poster marcaram os outros.

O jogo beneficente foi promovido pelo ex-jogador alemão Oliver Bierhoff, que é embaixador do Unicef, e teve a participação de algumas personalidades do futebol da Alemanha, como o técnico Otto Rehhagel.

Antes de assumir a seleção brasileira, depois da Copa do Mundo da Alemanha, Dunga não tinha trabalhado como treinador. E com o Brasil, ele já somou quatro vitórias (Argentina, País de Gales, Kuwait e Equador) e um empate (Noruega).

Dunga e Jorginho voltam ao Brasil amanhã.

Brasil pega Egito em 2007

Cairo – A seleção brasileira enfrentará o Egito, em seu primeiro amistoso em 2007 – pelo menos é isso o que informa a imprensa do país árabe, que destaca ainda que o jogo ocorrerá em Paris, em fevereiro.

A Associação Egípcia de Futebol confirmou que aceitou um convite para enfrentar a seleção brasileira. Samir Zaher, presidente da Associação, não deu detalhes do jogo, nem a data exata. Nesse ano, o Brasil já enfrentou outra equipe árabe: um combinado do Kuwait, que não ofereceu resistência ao time de Dunga e foi derrotado por 4 a 0.

Assim como outras seleções sul-americanas e africanas têm feito nos últimos meses, o Brasil prefere jogar contra essas equipes em campos europeus. Após a Copa do Mundo, a seleção já enfrentou o Equador e a Argentina em solo europeu. Uma das vantagens seria o menor desgaste para a liberação dos jogadores brasileiros de seus clubes, a maioria deles do Velho Mundo.

O último jogo do Brasil no ano ocorre contra a Suíça, dia 15 de novembro, na Basiléia. No mesmo dia, os egípcios enfrentam a África do Sul, em Londres.

Fred, lesionado, desfalca seleção

Lyon – O atacante Fred sofreu uma lesão muscular do coxa direita durante a partida de seu clube, o Lyon, contra o Olympique de Marselha, no domingo, e deve ficar de seis a oito semanas parado, segundo informações do clube francês. Assim, ele não poderá ser convocado pelo técnico Dunga para defender a seleção brasileira no amistoso contra a Suíça.

Fred foi substituído no primeiro tempo da partida, e uma ressonância magnética realizada ontem verificou uma ruptura de 7 centímetros na coxa. Mesmo sem um de seus principais atacantes, o Lyon venceu por 4 a 1 e abriu 8 pontos de vantagem sobre o rival na busca do hexacampeonato francês.

Os médicos do clube temem que o jogador só possa voltar a jogar no ano que vem -Campeonato Francês pára antes do Natal e volta na segunda semana de janeiro. Fred, de 22 anos, disputou a Copa

do Mundo e esteve presente em todas as convocações de Dunga desde que o técnico assumiu o cargo, em agosto. Na última partida, marcou um gol na vitória por 2 a 1 sobre o Equador, em Estocolmo, na Suécia.