A indefinição sobre a data do retorno do Campeonato Paranaense também reflete nos bolsos dos clubes. Enquanto a bola não volta a rolar – se voltar -, os times não vão receber todo o valor dos direitos de transmissão, que pertencem ao DAZN.

Ainda restam as parcelas referentes à fase mata-mata, que giram em torno de R$ 100 mil. O último pagamento feito pelo canal de streaming foi no final de maio, quando cada equipe recebeu quase R$ 50 mil.

O acordo feito foi que cada clube receberia R$ 370 mil líquidos pela venda dos direitos de transmissão. No entanto, os valores que restam só serão quitados se a competição for finalizada. Inclusive para aqueles que não se classificaram para a segunda fase, no caso Cascavel CR, Toledo, PSTC e União Beltrão. Os dois últimos foram rebaixados.

Até por isso, existe a pressão dos clubes junto com a Federação Paranaense de Futebol (FPF) para que seja definida uma data. Existe a expectativa para que uma reunião com o governo do Estado e a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) aconteça nesta semana para decidir um protocolo de retorno, que seria entre os dias 15 e 19 de julho.

Internamente também tem uma pressão do próprio DAZN para que o Campeonato Paranaense seja retomado. O canal ainda tem o direito de exibir 14 jogos da fase mata-mata, que incluem o clássico Coritiba x Paraná, pelas quartas de final, e a decisão.

Porém, existe a possibilidade de se diminuir o número de partidas para se adequar ao calendário restante, caso o Estadual não volte até o dia 19. Uma alternativa seria fazer confrontos únicos e não ida e volta, diminuindo assim para sete confrontos no total, o que permitiria terminar antes do início do Brasileirão, marcado para os dias 8 e 9 de agosto.

Por outro lado, a pressão para o retorno do futebol deu uma diminuída após os casos de coronavírus confirmados no Athletico, que teve mais jogadores infectados, e no Coritiba, com um membro da comissão técnica em estado grave.

+ Mais do futebol paranaense:

+ Após exame positivo de Bolsonaro, presidente do Coxa faz teste pro Covid-19
+ Athletico tem mais seis casos positivos de coronavírus
+ Paraná segue atrás de investidor pra disputa da Série B


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?