Alguns dos melhores atiradores do planeta estarão reunidos a partir deste sábado, para a etapa brasileira da Copa do Mundo de Tiro Esportivo. No Centro Nacional de Tiro Esportivo Tenente Guilherme Paraense, atletas já classificados para os Jogos Olímpicos de Pequim 2008 terão a chance de conseguir índice em outras provas.

A competição, que vai até o dia 28, é uma realização da Federação Internacional de Tiro Esportivo (ISSF) e da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo (CBTE), com patrocínio da Petrobras e apoio do Ministério do Esporte, do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Exército Brasileiro.

Nos seis dias de competição, 254 atletas de 44 países estarão na briga por medalhas. Entre eles, onze medalhistas olímpicos, com um total de 22 pódios, sendo seis ouros.

Os destaques são a búlgara Maria Grozdeva e a sérvia Jasna Sekaric, ambas com cinco pódios olímpicos, e outros três medalhistas de Atenas 2004: Christian Planer (Áustria), Christian Lusch (Alemanha) e Michael Anti (Estados Unidos). Os outros medalhistas olímpicos inscritos são Franck Dumoulin (França), Harald Stenvaag (Noruega), Iulian Raicea (Romênia), Martin Tenk (República Tcheca), Tanyu Kiriakov (Bulgária) e Torben Grimmel (Dinamarca).

O Brasil terá a maior equipe, com 33 atiradores, seguido por Coréia do Sul e Alemanha, com 21 cada. Também estarão na briga por medalhas atletas de Uruguai (2), Estados Unidos (12), Antilhas Holandesas (1), Argentina (12), Aruba (2), Austrália (4), Áustria (2), Azerbaijão (1), Bulgária (5), Bolívia (1), Canadá (8), Chile (8), Cuba (4), Cazaquistão (5), Dinamarca (4), Espanha (9), França (5), Grã-Bretanha (1), Grécia (1), Hungria (2), Índia (2), Israel (3), Itália (7), Jamaica (1), Letônia (3), Liechtenstein (1), México (6), Montenegro (1), Holanda (2), Noruega (9), Portugal (2), Romênia (2), África do Sul (3), Sérvia (5), Suíça (9), Suriname (2), Suécia (3), Trinidad e Tobago (3), Emirados Árabes (13), Ucrânia (10) e El Salvador (3).