São Paulo – O técnico Tite teve mais de 20 dias para dar ao Palmeiras a motivação necessária para retomar o caminho da vitória no Campeonato Brasileiro. Tempo para treinar a nova formação do time, no esquema 3-6-1. Mas com um pequeno problema: ?Gostaria que os reforços tivessem chegado antes?, afirmou o treinador.

Tite se refere ao meia-atacante chileno Jorge Valdivia – que só poderá ser inscrito na competição em agosto, quando abrem as inscrições para jogadores vindos do exterior – e de Marcinho Guerreiro, que ontem já realizou treinos físicos no clube. E, mesmo que não diga, o treinador aguarda a confirmação oficial da contratação do zagueiro Dininho, do japonês Sanfrecce Hiroshima. Mais alguém vai chegar, Tite? ?A direção tá buscando? disse, após um breve silêncio. Marcelinho Paraíba, do Hertha Berlim, é um dos nomes em pauta.

No novo esquema montado, Tite deixará Enilton como atacante, com Edmundo e Juninho mais recuados. O posicionamento dos jogadores foi o que o técnico mais cobrou, ontem. E espera que a formação já funcione hoje, no jogo-treino que o Palmeiras fará contra o São Bernardo.