Preocupado com o fraco rendimento do ataque corintiano, Tite resolveu fazer mudanças no treino desta sexta-feira. O técnico pediu uma postura mais ofensiva durante a atividade e escalou o volante Edenílson, que às vezes é improvisado na lateral, como meia para a partida contra o Criciúma, neste sábado.

A posição mais avançada de Edenílson servirá para compensar, ainda que parcialmente, a ausência de Renato Augusto, que ainda não recuperou seu melhor preparo físico. Sem condições de jogar os 90 minutos, o meia deve entrar em campo somente no segundo tempo.

A escalação de Edenílson como meia vai dar mais ritmo ao ataque, na avaliação de Tite. O treinador pretendia escalar o setor com três homens neste sábado, na tentativa de encerrar o jejum de gols da equipe – sem balançar as redes há quatro jogos. Mas ele teve que desistir dos planos porque só poderá contar com Romarinho e Alexandre Pato para este jogo.

Emerson foi suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), nesta sexta-feira, e Guerrero segue com dores no pé esquerdo. O atacante peruano nem viajou com a delegação para Itu, onde será disputado o duelo com o Criciúma.

Assim, o Corinthians deve entrar em campo neste sábado com Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Edenílson e Douglas; Romarinho e Alexandre Pato.