O técnico Tite comandou na manhã desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, o penúltimo treino do Corinthians para o clássico contra o Palmeiras, domingo, no Pacaembu. E, como fazia seu antecessor, Adílson Batista, o novo comandante alvinegro não quis revelar qual é o time que sairá jogando.

“Já está definido, mas não quero confirmar. O Corinthians tem uma forma de jogar e vou preservar a estrutura básica da equipe”, disse Tite, insinuando que vai promover o retorno de Iarley, que ficou na reserva no empate com o Guarani, ao ataque, para formar dupla com Ronaldo.

A decisão de deixar Iarley no banco foi por ordem técnica, tomada pelo interino Fábio Carille, que preferiu o argentino Defederico. O jogador foi titular do time durante quase todo o Campeonato Brasileiro.

Tite terá uma equipe reforçada para sua reestreia no Corinthians. O lateral-direito Alessandro, o volante Jucilei e o meia Bruno César, que, contundidos, não viajaram a Campinas no último domingo, treinaram normalmente ao longo da semana e devem ser confirmados.

O técnico, no entanto, prefere nem mesmo garantir a presença dos recuperados. “São vários retornos e temos que ter cuidado porque a necessidade do jogo é muito grande, mas vamos ter bom senso”, afirmou.

O Corinthians é o terceiro colocado do Brasileiro, com 50 pontos, quatro a menos que o líder Cruzeiro.