O Corinthians ainda não está jogando no mesmo nível do ano passado, admitiu Tite nesta terça-feira. Para o treinador, o time está abaixo do esperado principalmente no meio-campo, com dificuldades na armação das jogadas. Não por acaso a equipe não balançou as redes nos últimos dois jogos.

“Eu também cobro o crescimento da equipe. Acho que estamos um pouco abaixo, principalmente no processo de criação em função das mudanças, da saída do Renato e do Douglas, ambos machucados”, avaliou o treinador, que ainda não deve contar com o retorno de Renato Augusto para os jogos contra o Santos, pela final do Paulistão, e contra o Boca Juniors, na volta das oitavas de final da Copa Libertadores.

Sem o meia, Tite vem contando apenas com Danilo na armação. Douglas chegou a entrar no segundo tempo da partida contra o São Paulo, no domingo. Outra opção vem sendo a improvisação de Romarinho no meio. “Quanto tu tens um jogador da criação que se fixa à frente dos volantes e atrás dos atacantes, isso se traduz no Douglas, no Danilo, no Renato Augusto e, por vezes, o Romarinho”.

O treinador, contudo, está otimista em uma evolução da equipe nesta fase final das duas competições que disputa, assim como aconteceu no mata-mata da Libertadores de 2012. “No ano passado os jogadores cresceram para buscar o título”.

A sequência de jogos decisivos terá início no domingo, com o primeiro jogo da final do Estadual. Na avaliação de Tite, a missão corintiana será parar Neymar. “A gente pode diminuir as ações dele, mas seu talento é muito grande”, admitiu o técnico. Para tanto, ele conta com a semana de folga para dar novo fôlego ao elenco corintiano. “A equipe poderá estar mais limpa, mais intensa no primeiro jogo contra o Santos”.

Na sequência, o desafio será reverter a vantagem do Boca Juniors no segundo jogo das oitavas de final, no dia 15, no Pacaembu. Apesar da rivalidade com o Santos no Paulistão, Tite não esconde que o grande objetivo é avançar às quartas da Libertadores. “Queremos os dois, mas o objetivo é a Libertadores. Eu não sou maluco, sei que a Libertadores é o objetivo do clube.”