O último treinamento da seleção brasileira antes da viagem para Fortaleza, onde vai enfrentar o México, nesta terça-feira, pela segunda rodada do Grupo A da Copa do Mundo, acabou mesmo ficando marcado por uma preocupação. O coletivo foi vencido pelos titulares por 3 a 2, mas o temor está mesmo com o estado físico do atacante Hulk.

O jogador do Zenit e titular da seleção brasileira deixou o trabalho cabisbaixo, após apenas pouco mais de dez minutos de trabalho, acompanhado pelo fisioterapeuta Luiz Rosan, em razão de dores musculares, depois de marcar um dos gols da equipe principal da seleção.

A situação do jogador do Zenit preocupa, pois também na antevéspera do compromisso anterior, a estreia na Copa diante da Croácia, o jogador deixou o campo antes do fim de um treinamento técnico. Mesmo assim, Hulk participou da abertura do torneio, no Itaquerão, em São Paulo. E, após a vitória brasileira por 3 a 1 sobre a Croácia, o técnico Luiz Felipe Scolari revelou que o atacante atuou fora das condições ideais.

Antes disso, Felipão confirmou a sua intenção de não alterar o time titular após a vitoriosa estreia na Copa e escalou a mesma equipe, com a seguinte escalação: Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar; Hulk, Fred e Neymar.

Já os reservas, foram escalados com: Jefferson; Maicon, Henrique, Dante e Maxwell; Fernandinho, Ramires e Hernanes; Willian, Jô e Bernard. O goleiro Victor inicialmente trabalhou com o preparador Carlos Pracidelli e depois substituiu Jefferson.

Com essas formações, Jô abriu o placar para os reservas. Logo depois, porém, Luiz Gustavo empatou para os titulares após cruzamento de Neymar. Hulk, então, desempatou para os titulares, mas acabou se contundindo. Em seguida, ele foi substituído na equipe titular por Ramires.

A atividade, mesmo com a preocupação com o estado de Hulk, prosseguiu. E Neymar marcou um lindo gol, em bela jogada individual. Já Willian diminuiu para os reservas. E a atividade foi encerrada logo depois após um choque entre Luiz Gustavo e David Luiz. Um torcedor chegou a invadir o campo 2 da Granja Comary e abraçou Henrique. Em seguida, os jogadores fizeram um trabalho leve, seguido de cobranças de falta e de pênalti.

A seleção viaja ainda neste domingo para Fortaleza, onde treinará na segunda-feira no Castelão, na véspera do duelo com o México, em que pode até assegurar a classificação antecipada às oitavas de final da Copa, dependendo de uma combinação de resultados.