Em despacho exarado ontem pelo presidente do Tribunal Especial de Justiça Desportiva do Peladão/Tribuna do Paraná, Boleslau Sliviany, ficou determinado a perda de pontos do União Centenário, na partida do último sábado, quando vencia parcialmente o Canto do Rio/Kapot por 1×0, em razão de tumultos e distúrbios provocados pelo indiciado conforme foi detalhado em nossa edição de ontem.

No mesmo despacho, o TEJD manda a comissão organizadora marcar data definitiva para a decisão do título máximo geral de 2008 entre União Centenário e Canto do Rio/Kapot, já então ambos em igualdade de condições, ou seja, caso a partida termine empatada em seu tempo regulamentar, a mesma terá uma prorrogação com “morte súbita” em dois tempos de 15 minutos. Se o empate persistir após a prorrogação, o título será então decidido em cobrança de penalidades máximas.

Uma vez isso determinado pelo Tribunal Especial de Justiça Desportiva, que também encareceu aos organizadores providência para policiamento, sem o que o jogo não poderá ser iniciada a próxima e derradeira rodada do Peladão/Tribuna deverá ser marcada para a manhã do próximo domingo. Nessa mesma rodada, se confirmada, serão disputadas as partidas finais das categorias Infantil e da Feminina.

No Infantil será decidido o título entre Cates Peladeiro/Do All e o Canto do Rio, já que ambos terminaram o hexagonal final empatados, com treze pontos ganhos. No Feminino, Cruzeiro FC e Torpedo FC disputarão o vice-campeonato e o terceiro lugar geral.

Em nossa edição da próxima quinta-feira, detalhes mais oficiais e concretos em torno da rodada final do 39.º Campeonato Paranaense de Futebol de Pelada, o Peladão/Tribuna do Paraná. O despacho do presidente do TEJD pode ser visto pelos interessados na comissão organizadora, na Rua Carlos de Carvalho, 2419.