O Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR) brecou o sonho do Arapongas de disputar a elite do Campeonato Paranaense em 2010. Por votos cinco a zero, a corte rejeitou a ação do clube do Norte do Estado, que pedia decretação de WO na partida entre AFA/Foz e o próprio Arapongas, pela Segundona estadual.

Se fosse decretado o WO, o Foz, que atuou com atletas em condição irregular, estaria eliminado da competição. No rearranjo de resultados, o Arapongas subiria para a segunda colocação, tomando a vaga do Operário. O time sugeriu também ser incluído como 15º participante da competição, mantendo o time de Ponta Grossa.

O resultado do julgamento volta a validar o arbitral que definiu o regulamento do Paranaense-2010. Mas o advogado do Arapongas, Nixon Fiori, avisou que irá recorrer. Assim, somente o julgamento do recurso no STJD definirá os moldes do próximo Estadual.