O piloto brasileiro Tony Kanaan venceu neste domingo o GP de Milwaukee, a sexta etapa da temporada da Indy Racing League (IRL). O segundo lugar da prova foi do escocês Dario Franchitti, que tinha vencido na semana passada as 500 Milhas de Indianápolis, enquanto o inglês Dan Wheldon terminou em terceiro.

O resultado da prova deste domingo deixou Franchitti na liderança do campeonato da IRL, com 221 pontos, enquanto Wheldon está em segundo lugar, com 218. Tony Kanaan, por sua vez, aparece na quarta colocação, com 201 pontos, atrás ainda do neozelandês Scott Dixon, que tem 216. Já o também brasileiro Hélio Castro Neves ocupa a quita posição na temporada, com 188 pontos.

Helinho, inclusive, desperdiçou neste domingo uma grande chance de vencer a prova. Depois de sair na pole, o brasileiro liderava com tranqüilidade até a volta 201 das 225 previstas, quando o aerofólio traseiro de seu carro quebrou e ele acabou batendo com violência no muro – por sorte, nada sofreu.

"Não há razão para acontecer o que aconteceu hoje. Estamos desapontados", lamentou o dono da equipe de Helinho, Tom Cindric que, no entanto, isentou o piloto brasileiro de qualquer culpa. "Certamente não foi falha dele.

Assim, Tony Kanaan praticamente herdou a vitória, a sua nona na carreira na IRL. Já o outro piloto brasileiro da categoria, Vitor Meira, acabou chegando na quinta colocação – está agora em nono lugar no campeonato, com 133 pontos.