É, tá chegando a hora da volta do futebol brasileiro. Na segunda-feira (8), às 20h, São Bento e Sport reiniciam a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B. Na disputa mais equilibrada dos últimos anos, nossos quatro representantes – Coritiba, Londrina, Operário e Paraná Clube – sonham com o acesso, mas veem muitos adversários pelo caminho, dos mais ricos aos mais surpreendentes. Pra deixar você por dentro da Segundona depois desse tempo todo de Copa América, fizemos um top 10, com os fatos mais importantes do campeonato até agora. Confere aí!

COMECE LEMBRANDO A CLASSIFICAÇÃO DA SEGUNDONA!

O magnata

O Bragantino sambou na cara da sociedade e fez intertemporada na Áustria. Foto: Divulgação/CA Bragantino
O Bragantino sambou na cara da sociedade e fez intertemporada na Áustria. Foto: Divulgação/CA Bragantino

O Bragantino tá esbanjando. Depois da parceria com a Red Bull, o Massa Bruta tá mandando na Série B. Terminou a primeira parte da competição na liderança, e se não fosse suficiente resolveu fazer a intertemporada na Áustria. Daqui a pouco o Max Verstappen vai jogar na lateral-direita do time paulista.

O outro

Stuttgart, Manchester, Setúbal, Nápoles? Não, Ribeirão Preto. Foto: Divulgação/Arena Eurobike
Stuttgart, Manchester, Setúbal, Nápoles? Não, Ribeirão Preto. Foto: Divulgação/Arena Eurobike

Com bem menos cartaz que o Braga, o Botafogo de Ribeirão Preto tá fazendo seu trabalho direitinho. Montou uma estrutura de clube-empresa, deu uma renovada bonita no estádio Santa Cruz e tá com um time bem montado. O resultado é a vice-liderança da Série B e a entrada no grupo dos times que lutam pra valer pelo acesso.

Os nossos

Fechamos as primeiras oito rodadas com o Londrina no G4, Paraná e Coritiba na briga e o Operário na zona de rebaixamento. Pra Tubarão, Tricolor e Coxa, o reinício será pauleira, com jogos decisivos contra adversários diretos na luta pra subir pra Série A. Já o Fantasma tem dois jogos em casa contra LEC e Verdão pra tentar embalar.

Duelos caseiros

Jenison, o herói da vitória do Paraná sobre o Coritiba. Foto: Hedeson Alves
Jenison, o herói da vitória do Paraná sobre o Coritiba. Foto: Hedeson Alves

Já tivemos três jogos entre os paranaenses. No primeiro, com o Couto Pereira lotado, Coritiba e Londrina ficaram no 0x0, com direito a Rodrigão perdendo pênalti. O segundo também foi com o Couto cheio, e uma eletrizante virada do Tricolor sobre o Coxa, 3×2 na ressurreição de Jenison. E com o ‘modo Jenigol’ ativado, o Paraná venceu o Operário por 1×0 na Vila Capanema.

Os grandes

Felipe Gedoz está no Vitória. E o time baiano tá numa draga desgraçada. Foto: ASCOM/EC Vitória
Felipe Gedoz está no Vitória. E o time baiano tá numa draga desgraçada. Foto: ASCOM/EC Vitória

Sport e Vitória são sempre candidatos ao acesso. Mas neste ano a coisa tá ruim pros baianos. Por enquanto, uma campanha vexatória e a lanterna da Série B. O rubro-negro pernambucano começou mal, mas cresceu e agora já está na quinta colocação, empatado em pontos com Ponte Preta.

Destaques

Rodrigão tá tranquilo e tá favorável. Foto: Jonathan Campos
Rodrigão tá tranquilo e tá favorável. Foto: Jonathan Campos

Tem gente brilhando na Segundona. Entre os nossos times, Rodrigão vai brilhando, como artilheiro da competição, com sete gols em oito jogos. Anderson Oliveira, do Londrina, é uma das revelações, junto com o excelente lateral-esquerdo Abner, da Ponte Preta, que pode pintar no Athletico em breve. Hernane Brocador vem carregando o Sport, e o ex-Furacão Ytalo é o melhor jogador do líder Bragantino.

Os véios

Maicon, aquele, tá no Criciúma. Foto: Lucas Sabino/Estadão Conteúdo
Maicon, aquele, tá no Criciúma. Foto: Lucas Sabino/Estadão Conteúdo

Os veteranos ainda não emplacaram nesta Segundona. Danilo, 39 anos, foi dispensado do Vila Nova. Alecsandro, 38 anos, não rendeu o esperado no São Bento. Dagoberto, 36 anos, só jogou uma partida pelo Londrina. Zé Carlos, 35 anos, tá longe de ser titular no CRB. E Maicon, 37 anos, não se destaca no Criciúma.

Trocas

No Operário, Gerson Gusmão está firme e forte. Foto: José Tramontin/OFEC
No Operário, Gerson Gusmão está firme e forte. Foto: José Tramontin/OFEC

Desde o início do ano, 15 times que disputam a Série B já trocaram de treinador. Tem gente que já emplacou em dois clubes, como Osmar Loss, que começou o ano no Guarani e agora está no Vitória. Alemão, do Londrina, até entraria na lista, mas Roberto Fonseca treinou o Tubarão em uma partida e depois pediu as contas. Entre os ‘sobreviventes’, está Gerson Gusmão, o treinador há mais tempo no mesmo clube entre os 40 participantes da primeira e da segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

Estranho no ninho

Itamar Schulle, o bom técnico do Cuiabá. Foto: Josué Teixeira
Itamar Schulle, o bom técnico do Cuiabá. Foto: Josué Teixeira

O Cuiabá chegou com dinheiro, fez contratações que surpreenderam (tirou Felipe Marques do Londrina com um salário de Série A) e começou bem, com o trabalho sempre bem feito do técnico Itamar Schulle. Mas o encanto quebrou, e o time do Mato Grosso caiu para a 15ª posição, na porta da zona de rebaixamento.

Bizarrice

A marca de lance mais tosco da Segundona fica pra Zé Ivaldo. O zagueiro que pertence ao Furacão tá no Vitória, e fez o gol contra mais inacreditável do campeonato até agora, na partida contra o Oeste. Melhor que falar é ver. Então…

 

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!