Uma briga entre torcedores de Bahia e Vitória na noite de domingo, em um ponto de ônibus do Largo do Tanque, no Bairro da Liberdade, área central de Salvador, terminou com a morte de um adolescente de 14 anos. Outras duas pessoas, um adolescente de 16 e um homem de 25, ficaram feridos.

Segundo testemunhas, um grupo que seria integrante da torcida organizada Os Imbatíveis, do Vitória, estava no local quando outro grupo, da torcida Bamor, do Bahia, chegou, dando início à confusão. Um dos integrantes do segundo grupo estaria armado e atirou contra as pessoas que estavam no ponto.

O adolescente de 14 anos morreu no local e será enterrado no fim da tarde desta segunda. Os feridos foram encaminhados para o Hospital Geral do Estado. O homem foi medicado e já recebeu alta médica. O adolescente de 16 anos, atingido em um dos pés, passou por uma cirurgia nesta manhã e, segundo a direção da unidade, se recupera bem.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil da Bahia investiga o atentado. O Bahia jogou no domingo à noite (19h30), contra o Náutico, em Pernambuco. Já o Vitória participou da 35.ª rodada do Brasileirão mais cedo, às 17h, diante do Santos, no Barradão.