A Federação Paranaense de Futebol (FPF) contratou ontem os serviços da Sul América Seguros. A partir de agora, o torcedor que sofrer algum acidente grave nas dependências dos estádios paranaenses em que houve campeonato promovido por ela terá direito a uma indenização. Para tanto, terá de guardar o comprovante da compra do ingresso, que os clubes são obrigados a fornecer a partir de agora, e provar que o incidente aconteceu nas dependências do estádio.

O contrato da seguradora nada mais é do que o cumprimento do artigo 16 do Estatuto do Torcedor, que prevê que “é dever na entidade responsável pela organização da competição contratar seguro de acidentes pessoais, tendo como beneficiário o torcedor portador de ingresso, válido a partir do momento em que ingressar no estádio.”

“O que nós acertamos foi um seguro de acidentes pessoais no valor de 10 mil reais para caso de morte e de 10 mil reais no caso de invalidez permanente total ou parcial”, explicou o presidente da FPF, Onaireves Moura. O seguro já é válido para todas as competições organizadas pela Federação, independente de serem profissionais, de base ou amadoras.