Indignados com a arbitragem da partida entre Londrina e Coritiba, no último domingo, no Estádio do Café, torcedores do Londrina criaram um abaixo-assinado para o prefeito da cidade do Interior, Alexandre Kireeff, contra o árbitro do jogo Felipe Gomes da Silva.

Na petição pública contra os atos do árbitro, os torcedores caracterizam a arbitragem da partida como “tendenciosa e com claro intento de beneficiar a equipe da Capital”. Os alvicelestes também protestam contra a súmula do confronto.

No documento, o árbitro cita que foi agredido pelo zagueiro Gilvan e que um dos assistentes também teria recebido agressões do gestor da SM Sports, Sérgio Malucelli. Os torcedores pedem ao prefeito de Londrina uma expedição que decrete o árbitro como “persona non grata” no município, além de que medidas sejam tomadas junto às entidades do futebol, como FPF, CBF e Fifa.