A paciência da torcida corintiana chegou ao fim. Depois de seis jogos sem vitória – quatro derrotas e dois empates -, que levaram o time do primeiro ao terceiro lugar do Brasileirão, um grupo de torcedores foi na tarde desta sexta-feira ao CT do Parque Ecológico para protestar contra a má fase do Corinthians.

Durante o protesto desta sexta-feira, os torcedores de algumas organizadas do Corinthians chegaram a se reunir com os principais líderes do elenco. E ainda aproveitaram para pedir a saída de alguns jogadores do clube, como o atacante Souza, o lateral Alessandro, o meia Danilo e o lateral/volante Moacir.

Para marcar território, os torcedores colocaram faixas de protesto nos alambrados do CT do Parque Ecológico. Uma delas dizia “Acabou a paciência!!! Tolerância zero”, enquanto outra falava “Não aceitamos jogadores inúteis, sem brio, covardes, incapacitados, arrogantes. O Corinthians não precisa de vocês”.

Num recado direto, os torcedores utilizaram as faixas para pedir a saída de alguns jogadores do elenco. Entre eles, Souza recebeu uma menção especial, depois de ter feito a saudação característica da torcida do Flamengo durante o jogo da última quarta-feira, quando o Corinthians perdeu para o Vasco no Rio.

Nesse clima tenso, o Corinthians volta a campo no domingo, quando visita o Guarani, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas, e terá o retorno do atacante Ronaldo – não joga desde o dia 8 de setembro. Será a chance de reagir no Brasileirão, para acalmar o ambiente no Parque São Jorge e se manter na disputa do título.