A torcida do Santos esgotou nesta segunda-feira em poucas horas todos os ingressos para a decisão do Campeonato Paulista, no próximo domingo, contra o Palmeiras, na Vila Belmiro. O clube colocou à venda 10 mil entradas, a maioria obtida por participantes do programa de sócio torcedor. O público total, entretanto, será maior, porque não entram na conta os proprietários de cadeiras cativas e camarotes.

O sistema online de vendas teve problemas com o grande número de acessos, e o torcedor teve dificuldade para concluir a compra. Na quinta-feira pela manhã o Santos abre a venda dos 1,3 mil ingressos para a torcida visitante. Os palmeirenses vão poder escolher entradas para a arquibancada (R$ 210) e cadeira (R$ 310). Os torcedores do clube da capital terão direito a 1.300 entradas.

A venda para a torcida santista começou ainda no último domingo, mas para um grupo restrito de sócios. Nesta segunda-feira, quando os tíquetes foram disponibilizados para os demais sócios, os mesmos se esgotaram rapidamente.

A primeira partida da final, no Allianz Parque, no último domingo, também teve ingressos esgotados. Foram vendidas 39.479 entradas, gerando uma receita recorde de mais de R$ 4,1 milhões (exatos R$ 4.181.281), a maior desde a inauguração do estádio. De acordo com o Palmeiras, todos os bilhetes foram vendidos online.

Na semifinal do Paulistão, a torcida do Santos também esgotou os ingressos para a partida contra o São Paulo. Na ocasião, o jogo teve 13.459 pagantes, com renda de apenas R$ 720 mil. O Santos teve a opção de mandar a final no Pacaembu, o que aumentaria a receita, mas escolheu jogar na Vila Belmiro.

Depois de perder de 1 a 0 na ida, na arena do Palmeiras, o Santos tem que vencer por mais de dois gols de diferença para ficar com o título. Como não há o critério do gol fora, qualquer vitória por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis.