O Paraná decepcionou os quase nove mil torcedores que lotaram o Estádio Durival de Britto na estreia do técnico Fernando Diniz, que substituiu a Nedo Xavier. Sem grandes dificuldades, o Vitória dominou a partida e venceu os paranaenses, por 1

a 0, na tarde deste sábado, em Curitiba, pela 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com este importante resultado, o time baiano se manteve entre os primeiros colocados, com 21 pontos. Tem apenas três a menos que Botafogo, bem como de América Mineiro e Náutico, todos com 24 pontos. Por outro lado, o Paraná chega a quatro jogos sem vitórias, com dois empates e duas derrotas. Com isso, estaciona nos 12 pontos, na 16.ª posição, à beira do rebaixamento.

Mesmo jogando longe de Salvador, o Vitória jogou como se estivesse em casa. No primeiro tempo, os baianos dominaram, mas pecaram nas finalizações. A segunda etapa foi um pouco mais equilibrada, porém, os visitantes também foram mais eficientes.

Em uma das poucas chances criadas, saiu o gol. Após bate-rebate, aos 15 minutos, o volante Amaral finalizou e o atacante David desviou de letra. O Paraná não teve forças para reagir.

Na próxima terça-feira, às 19h30, o Paraná volta a campo para enfrentar o ABC, no Estádio Frasqueirão, em Natal (RN), abrindo a 13.ª rodada. Enquanto isso, o Vitória joga contra o CRB, na próxima sexta-feira, às 21h50, no Barradão, em Salvador.

FICHA TÉCNICA

PARANÁ 0 X 1 VITÓRIA

PARANÁ – Marcos; Ricardinho, Luciano Castán, Léo Coelho (Marcos Paraná) e Rafael Carioca; Jean, Éder (Wanderson), Washington e Rafael Costa (Danielzinho); Henrique e Fernando Viana. Técnico – Fernando Diniz.

VITÓRIA – Fernando Miguel; Diogo Mateus, Guilherme Mattis, Ramon e Diego Renan; Amaral, Flávio e Pedro Ken (Pereira); Rhayner, Rogério (David) e Elton (Robert). Técnico – Vágner Mancini.

GOL – David, aos 15 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Antônio Rogerio Batista do Prado (SP).

CARTÕES AMARELOS – Marcos Paraná (Paraná); Ramón, Diogo Mateus, Diego Renan e Amaral (Vitória).

RENDA – R$ 91.350,00.

PÚBLICO – 8.308 pagantes (8.941 torcedores).

LOCAL – Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR).