Depois de patrocinar o time na Série B do ano passado e doar R$ 200 mil ao término da temporada, a torcida organizada Fúria Independente dá mais um passo no sentido de ajudar o Paraná Clube a sair da crise financeira. A partir de agora, todo produto licenciado da torcida terá a marca do clube. Em contrapartida, a Fúria Independente repassará royalties (valor financeiro por exploração da marca) ao Tricolor.

A nova linha de materiais da Fúria terá o escudo do clube e fará uma homenagem às primeiras camisas da organizada. “Nos nossos materiais até agora a gente só usava a marca da torcida, a gente não usava a marca do Paraná. Então a gente fez um contrato de royalties para usar a marca e vamos pagar uma porcentagem por cada produto vendido”, declarou João Luiz de Carvalho, vice-presidente da torcida.

Moletom

O primeiro produto lançado – de uma linha que vai contar com 20 materiais – é um moletom careca masculino. O percentual repassado ao clube não foi divulgado por questões contratuais, mas o representante adiantou que está dentro dos padrões de mercado. Hoje, a Fúria Independente tem em torno de quinhentos associados cadastrados biometricamente; porém, a estimativa é que perto de 15 mil torcedores usem os materiais produzidos pela organizada.

A reportagem entrou em contato com o Paraná para falar sobre o assunto mas até o fechamento desta edição não foi atendida.

Qualidade

Entretanto, o representante da organizada adiantou que o clube terá total controle sobre o material produzido, sendo consultado para aprovar a linha desenhada. Mais do que “sair na frente”, a proposta dos torcedores é dar exemplo aos demais. “Na verdade a gente usa a torcida para dar exemplo aos demais. Se a torcida não se ajudar o Paraná não vai sair desta situação, então a gente sempre quer dar o exemplo. Juntos seremos mais fortes”, declarou o vice-presidente da torcida organizada. O pagamento de royalties vai acontecer através da prestação de contas através das peças vendidas.

Paraná Online no Google Plus

Paraná Online no Facebook