O clima esquentou de vez no Palmeiras. Depois da derrota por 3 a 0 para o Fluminense, no último sábado, no Maracanã, o goleiro Marcos criticou publicamente o elenco e foi repreendido na segunda-feira pelo meia Diego Souza. Agora, foi a vez da torcida palmeirense mostrar sua insatisfação, ao pichar o muro do Centro de Treinamento nesta terça.

O protesto da torcida palmeirense foi simples, sem qualquer violência. Apenas o muro pichado do CT, localizado na Barra Funda, em São Paulo, com um pedido bem claro para o time do Palmeiras: “Raça Verdão”.

O Palmeiras volta a jogar nesta quarta-feira, quando recebe o Goiás, no Palestra Itália, em São Paulo. E precisa da vitória para seguir com chances de conquistar o título brasileiro – está atualmente em quinto lugar, com 55 pontos.