O técnico Stephen Keshi minimizou as chances desperdiçadas pela seleção nigeriana nesta segunda-feira, contra a frágil equipe do Taiti. Keshi disse ter ficado satisfeito com o desempenho do seu time e evitou fazer previsões sobre o duelo contra o Uruguai, na próxima rodada do Grupo B da Copa das Confederações.

“Tivemos boas chances e eles precisaram buscar os gols. Quando você joga uma partida como essa, você tende a dar confiança ao adversário para tentar uma reação. Eles marcaram um gol e tentaram reagir. Estou feliz pela forma como nos portamos e agora vamos ver como será o jogo contra o Uruguai”, afirmou o treinador.

Keshi disse ter ficado especialmente satisfeito com o resultado por ter dado preferência a jogadores que atuam no futebol local. “Para ser ter uma boa base na seleção você precisa contar com jogadores que atual no futebol nacional. Eu gostei de ter dado oportunidade a esses jogadores da casa”, declarou.

Eleito o melhor jogador da partida, Nnamdi Oduamadi disse que a Nigéria encontrou dificuldade para impor seu jogo no início. O atacante marcou três dos seus gols nigerianos e se isolou na artilharia da Copa das Confederações. “O Taiti entrou em campo lutando como um leão. Foi um pouco difícil encontrar nosso jogo no começo. Eles nos mostraram que podem jogar futebol”, comentou.