O Paraná Clube entra em campo hoje – às 21h, no Durival Britto -com a missão de voltar a vencer após dois jogos e, assim, se manter no G4 da Série B. Uma vitória sobre o Barueri-SP pode valer, de quebra, a vice-liderança da competição, deixando o Tricolor ainda no encalço da líder Portuguesa.

Para buscar os três pontos, o técnico Roberto Fonseca conta com o retorno do lateral-direito Lisa, dá força a Rone Dias e projeta um time mais criativo do que nas últimas jornadas.

“Acho que ficamos devendo um pouco contra a Ponte Preta. Mas, nos jogos fora mantivemos um bom índice ofensivo. Foram três gols nos jogos contra Criciúma e São Caetano”, recordou Fonseca, tentando vincular uma queda de rendimento com a ausência do meia Welington. “Acho que oscilações são naturais num campeonato longo e tão equilibrado. Nosso trabalho diário é na busca pelo equilíbrio defensivo e ofensivo”, ressaltou.

Com a confirmação de Lisa – recuperado da lesão sofrida diante do Criciúma -, o treinador não será obrigado a improvisar e Brinner retorna à sua posição natural, na defesa. Ele será o substituto do capitão Cris, que cumpre mais um jogo de suspensão.

“Talvez ele não consiga suportar o ritmo forte de um jogo como esse até o final. Por isso, já temos opções trabalhadas para qualquer eventualidade”, explicou Roberto Fonseca, prevendo um jogo “truncado” e onde a aplicação dos laterais será decisiva para a conquista da vitória.

Além do apoio dos alas, Roberto Fonseca também espera maior criatividade no meio-campo. E, para isso, ele novamente aposta em Rone Dias. “Ele é um meia de muita qualidade e que ainda está buscando seu espaço no Paraná. Para tanto, precisa de uma sequência de jogos”, destacou.

“O Rone foi muito bem frente à Ponte Preta, foi duramente marcado contra o São Caetano e, agora, vai apenas para o seu terceiro jogo como titular”, lembrou. Rone Dias tenta se adaptar ao estilo de jogo do Paraná, onde ele é uma peça-chave, na condição de substituto de Welington.

Com apenas um ponto somado nas duas rodadas mais recentes, o Paraná depende de rendimento total nos jogos contra Barueri e ABC para concluir com êxito a sua quarta minimeta nesta Série B (sete pontos a cada quatro jogos).

“Para isso, contamos muito com o apoio da nossa torcida. Mesmo com a baixa temperatura, tenho certeza de que a noite será quente. Essa energia das arquibancadas é que vem nos dando a sustentação para esta campanha positiva e, desta vez, não será diferente”, arrematou o ala Lisa, animado com a volta à equipe.