O Paraná Clube faz hoje, às 16h20, na Ressacada , seu quinto jogo fora de casa nesta Série B. O desempenho (33,33%) não atende às expectativas da comissão técnica. Por isso, frente ao Avaí, só jogar bem não basta. “Temos que ter um bom rendimento também nos números”, avisou o técnico Dado Cavalcanti. Após três partidas seguidas com a mesma formação, o Tricolor terá uma mudança: Alex Alves entra na vaga de Anderson, lesionado.

Depois de quase um mês de intertemporada, o Paraná mostrou um bom futebol na “reestreia”. Porém, o empate por 2 x 2 frustrou as pretensões dos paranistas, que projetavam o ingresso no G4. A distância para a área do acesso continua em dois pontos. “Temos que chegar lá com segurança, para não sair mais”, avisa o volante Édson Sitta. Porém, Dado Cavalcanti não esconde que estar entre os primeiros é seu objetivo primário. “Não posso estar plenamente satisfeito com um 7.º lugar. É preciso melhorar”, avisou.

Na busca por essa arrancada, o jogo desta tarde é “chave”. Afinal, na sequência, o Tricolor terá dois jogos em casa contra América-RN e Ceará , onde poderia consolidar sua posição entre os principais candidatos ao acesso. “O ideal é você manter o mesmo padrão, em casa ou fora. Mas é claro que jogando na Vila Capanema o time fica muito mais à vontade”, analisou Dado Cavalcanti. “Tivemos muitos pontos positivos em Belo Horizonte. Só que deixamos escapar a chance de matar o jogo. Isso não pode se repetir”, ponderou.

Frente ao Avaí, a proposta de jogo será a mesma aplicada diante do América-MG: muita marcação no meio-campo e velocidade na transição ao ataque. “Eles têm um time muito experiente. Não podemos dar espaço”, disse Dado. O treinador espera, apostando na mesma formação ofensiva, que o Paraná seja mais contundente. “Atacante vive de gols. Já está na hora de tirar essa zica”, lembra Paulo Sérgio, que já passa a conviver com a pressão pela presença de Reinaldo.

Reforço

Dez dias após decretar o fim do ciclo de contratações, o Paraná Clube anunciou mais um reforço. Trata-se do atacante Kayke Moreno, 24 anos, que vinha defendendo o Aalborg, da Dinamarca. O atacante é o 17.º reforço do Tricolor para a Série B.