O clima dos jogadores na saída do campo era de total lamentação. Não só pela derrota para o Avaí, mas pelo fato de o Paraná não ter somado nenhum ponto em dois jogos seguidos na Vila Capanema. Segundo o lateral-direito Moacir, o foco agora é recuperar estes pontos perdidos longe de casa, contra América-RN e Ceará. ‘Não tem o que falar. Vacilamos nos dois jogos, criamos poucos e agora é momento de reflexão para corrigirmos os erros e buscarmos os pontos fora de casa’, disse Moacir.

O zagueiro Anderson também reforçou que o Tricolor depende apenas de si para se recuperar e garantir o acesso, mas também reclamou bastante da arbitragem. ‘A arbitragem sempre puxa pro lado do time da casa. Mas aqui é sempre o contrário. Tivemos o lance do pênalti e ele manda seguir. Infelizmente, quando a fase vira tudo complica. Mas ainda depende apenas de nossas forças e vamos recuperar os pontos fora de casa’, cutucou o zagueiro paranista.

Já o técnico Dado Cavalcanti preferiu fazer uma avaliação em cima das atuações e destacou que é momento de calma, uma vez que o time segue no G4. ‘Temos que fazer uma reavaliação, ver o que está dando errado e o que pode dar certo. Nunca é fácil explicar derrotas. Ela traz um gosto amargo, mas também generalizando problemas. Temos que ter consciência de onde o Paraná pode chegar e ter maturidade para encarar isso’, avaliou o treinador.