Jogando o melhor futebol da temporada, o Paraná Clube venceu com autoridade o Paranavaí por 4×1, ontem, na Vila Capanema, e chegou aos três pontos na segunda fase do Campeonato Paranaense, ocupando agora a quarta colocação.

O jogo foi marcado pelo apoio ostensivo da torcida aos jogadores, que agora partem para o confronto mais importante da temporada: contra o Sport, em Recife, para garantir a classificação para as oitavas-de-final da Copa do Brasil.

O Paraná entrou em campo precisando mostrar que tinha assimilado a derrota para o Coritiba e, principalmente, que seria capaz de novamente jogar com equilíbrio entre ataque e defesa – fundamental para vencer o Paranavaí e, projetando o decorrer da semana, para o jogo com o Sport.

E, como mandante, o Tricolor fez seu papel desde o início. Se é verdade que o adversário tinha um problema sério no ataque, que era a manutenção de Marcelo Peabiru, os donos da casa controlaram a partida totalmente.

Com os laterais bem à frente, impediam as subidas de Daniel Marques e Adriano. Éverton e Márcio Diogo se aproximavam de Marcelo Toscano e João Paulo saía para jogar a todo momento.

E o primeiro gol saiu – aos 16 minutos – num passe de Diego Correa em profundidade para João Paulo, que cabeceou e teve a ajuda do goleiro Rudi, que engoliu um frango.

Oito minutos mais tarde, Pará cobrou falta com muita categoria, acertando o ângulo e ampliando a vantagem. Para fechar, aos 41, Marcelo Toscano recebeu de Pará e chutou forte para marcar o terceiro.

Resultado mais que justo num primeiro tempo de forte chuva e torcida da Curva Norte autorizada a acompanhar o jogo das cadeiras para se proteger da tormenta. “Não vamos desistir nunca, viemos cumprir o nosso papel”, avisou no intervalo o capitão Luís Henrique.

Com jogadores de mais qualidade (Rilber e Danielzinho) em campo, o ACP passou a ser um adversário complicado. Tanto que marcou logo a cinco minutos, em um belo chute de Danielzinho, aproveitando a falha da defesa. Mas rapidamente o Paraná voltou a dominar o jogo, e o melhor em campo fez o segundo dele para resolver a partida.

Aos 21, João Paulo dominou, driblou Adriano e acertou um tirambaço. O quarto gol paranista foi comemorado em frente à faixa “Jogadores guerreiros: confiamos em vocês”.

E a confiança é grande para a classificação na quarta-feira, na “batalha da Ilha’ – e, porque não, para manter acesa a chama da luta pelo título estadual, dependendo do que acontecer no clássico do final de semana com o Atlético.