Encabeçado pelo alemão Nico Hulkenberg, piloto da Force India na Fórmula 1, o trio da Porsche conquistou neste domingo as 24 Horas de Le Mans. Ele se revezou com o neozelandês Earl Bamber e o inglês Nick Tandy e conseguiu dar 395 voltas, duas a menos do que o recorde da prova, que foi obtido pela equipe Audi em 2010.

O trio só não obteve a marca histórica por causa da chuva. Mesmo assim, eles terminaram uma volta à frente dos segundos colocados, Brendon Hartley, Timo Bernhard e Mark Webber, que também pilotaram um Porsche. O pódio foi completado por André Lotterer, Benoît Tréluyer e Marcel Fässler no melhor dos carros da Audi.

O brasileiro Lucas di Grassi correu ao lado do francês Loic Duval e do britânico Oliver Jarvi em um Audi e terminou em quarto lugar.

Desde 1991, quando Johnny Herbert e Bertrand Gachot conquistaram as 24 Horas de Le Mans que um piloto em atividade da Fórmula 1 não vencia a prova. “Agradeço muito a todos, foi um grande esforço que tive nos últimos meses para conseguir essa vitória”, comemorou o alemão ainda no rádio enquanto levava o carro para a garagem.

Outros pilotos com passagens pela Fórmula 1 também participaram das 24 Horas de Le Mans: o suíço Sebastien Buemi, o japonês Kosuke Nakajima, o austríaco Alexander Wurz, e o alemão Nick Heidfeld. A edição de 2016 da prova será realizada nos dias 18 e 19 de junho.