O Londrina buscou seus primeiros três pontos fora de casa e ganhou fôlego extra no Campeonato Paranaense. Na noite de ontem, o Tubarão foi até Ponta Grossa e derrotou o Operário por 2 x 0, no estádio Germano Krüger. Após o jogo, os únicos a comemorarem foram os cerca de trinta torcedores visitantes, em meio a um público de 1.721 pagantes na Vila Oficinas. Entre os donos da casa, prevaleceram reclamações. Temerosa pelo desempenho irregular da equipe no ano do centenário, a torcida do Fantasma voltou a pedir a contratação de reforços.

No início da partida, o Londrina entrou em campo preocupado em não dar espaço ao Operário. Mesmo se mostrando mais empenhado em se defender, o Tubarão chegou a ter um gol anulado nos minutos iniciais da partida. O lance despertou o Fantasma, que se recompôs e passou a atacar. Na etapa inicial, o duelo chegou a ser equilibrado, com oportunidades desperdiçadas pelos os dois times. No entanto, o Londrina abriu o marcador logo após a virada de campo em Ponta Grossa. Depois de lançamento de Bruno, Alexandre Oliveira foi derrubado dentro da área. Aos 4 do 2.º tempo, Flávio Guilherme bateu forte e balançou as redes de Filipe.

Atrás no marcador, o técnico Lio Evaristo mandou o Operário todo pra cima do Tubarão. Restava ao Londrina segurar a pressão dos anfitriões. Foi assim que, aos 47, o Londrina confirmou a vitória. Depois de cruzamento do lateral Ayrton, o atacante Arthur apareceu de cabeça e fechou o placar.