São Paulo – O Brasileiro de 2004 foi marcado por quebra de recordes. O campeão Santos colaborou bastante. Com os dois gols anotados ontem em São José do Rio Preto, nos 2 a 1 sobre o Vasco, chegou aos 103 e é o maior goleador de um único Brasileiro, superando o Cruzeiro de 2003, autor de 102 gols. O time da Vila Belmiro também foi quem mais venceu neste campeonato, 27 jogos.

Na artilharia, Washington, do Atlético-PR, quebrou a marca de Dimba, do Goiás, – autor de 31 gols na temporada passada -, ao marcar 34, com o gol de empate por 1 a 1 contra o Botafogo, ontem, na Arena da Baixada. O jogador do time paranaense fez 12 a mais que o segundo colocado, Alex Dias, do Goiás. Neste quesito, o Santos ficou com a medalha de bronze, já que Robinho e Deivid foram às redes 21 vezes.

Mas os goleadores não conseguiram quebrar o recorde de gols de 2003. No Brasileiro conquistado pelo Cruzeiro, foram anotados 1.593 gols, média de 2,88 por jogo, contra 1.535 e média de 2,78 deste ano.

A melhor defesa ficou por conta dos são-paulinos Rodrigo, Fabão e Lugano – 43 gols sofridos em 46 partidas.

Guarani e Ponte Preta foram donos dos mais inoperantes ataques, com apenas 43 gols.