Os clubes do Norte/Noroeste que disputam a Copa Tribuna não ficam devendo nada para os clubes da capital, notadamente União e Londrina, duas tradicionais forças na categoria. Eles ganharam com dificuldade no último final de semana de Pato Branco e CCR Toledo, respectivamente, dando um passo enorme para disputar a fase semifinal na capital, desde que reeditem na próxima semana as boas apresentações.

Em Pato Branco, com duas rádios transmitindo o jogo, onde o ingresso é cobrado ao preço de 3 reais o ingresso único a torcida se faz presente em grande número, empurrando o Pato que ficou em segundo na primeira fase, atrás do CCR Toledo, por isso enfrenta agora o primeiro do grupo B, União, de Bandeirantes.

Pato Branco 1×2 União

O União fez 1×0, aos 45 minutos, quando todos pensavam que o empate ia prevalecer. Fernando cobrou escanteio, marcando o “gol olímpico” para surpresa geral, encobrindo o goleiro Ricardo.

Na etapa final o União aumentou para 2×0, através do seu artilheiro Pitbull logo aos 2 minutos. O Pato foi pra cima e Éder botou fogo no jogo, anotando o gol de sua equipe, que nervosa, perdeu Edvaldo, expulso.

A expulsão desestabilizou completamente o time local, enquanto o União, mostrando toda experiência adquirida em jogos internacionais agüentou a pressão do time e da torcida local que apóia sempre sua equipe. Nem mesmo a expulsão do bandeirantino Dênis modificou o placar.

O árbitro que bem conduziu o jogo foi o gaúcho Elton Melo Nobre, bem auxiliado por Sirley Piva e José Domingues Paes. Rep.: Antônio Carlos Bernardino. Elton Nobre apitaria ontem à noite o jogo final do campeonato interbairros, promovido pela Rádio Celinauta, de Pato Branco.

Pato Branco: Ricardo; Nelson (Cid), Vagner, João e Cláudio; João, Eliberto (Arnaldo), Leandro e Carlos Eduardo; Tiago e Henrique (Edvaldo). Téc.: Didi. União: Vitor; Buiú, Edson, Ricardo e Schmitt; Roberto, Edemar (Paulo Roberto) (Caíme), Dênis e Fernando; Pitbull e Éverton. Téc.: Wilson Frutani.

Londrina 3×2 Toledo

O Londrina, outra força do Norte, fez valer o seu mando e ganhou, embora a duras penas, do CCR Toledo por 3×2. Juliano fez dois gols para o time de João Severo, coordenador das categorias de base londrinense aos 13 e aos 23 minutos do primeiro tempo. O segundo gol de Juliano foi feito exatamente do meio de campo, pegando o goleiro Cleiton adiantado, placar do 1.º tempo.

O ataque do CCR Toledo, o segundo melhor da Copa Tribuna, – só perde para o Atlético -, marcou dois gols rapidinho, aos 7 e 13 minutos, equilibrando tudo. Mas o “Tubarão” desempatou através de Éverton aos 33. Aos 34′ Referson foi expulso, desfalcando o Londrina. Márcio também foi mais cedo para o chuveiro, se tornando um final dramático. Grande arbitragem do professor de Educação Física Nilo Neves de Souza Júnior, assistido por Carlos Roberto Ramos e Sidnei Narine. Rep.: Edinaldo Guimarães.

Londrina: Rafael; Paulo, Camargo, Leandro (Georgetown) e Márcio; Réferson, Juliano, Rodolfo e Wilson (Luciano); Éverton (Rafael Silva) e Anderson. Téc.: Paulo Roberto Marino. CCR Toledo: Cleiton; André Luiz (Norberto), Nelsão, Valdson e Celinho; Marcos, Maycon (Cleiton), Estefano e Luiz Mário; Paulinho e Andi. Técnico: Ricardo Luiz do Nascimento.