Rio – O Unit/Uberlândia (MG) deu ontem um passo muito importante para conquistar seu primeiro título do Campeonato Nacional Masculino de Basquete. Sob o comando de Hélio Rubens, a equipe mineira superou o Flamengo e a forte pressão da torcida adversária, por 80 a 69, no Ginásio do Tijuca, liderando a série melhor de cinco partidas por 1 a 0. Como o Unit/Uberlândia terminou em primeiro na fase de classificação, jogará três dos cincos confrontos da final em casa.

As duas equipes voltam a se enfrentar amanhã (18h) e na quarta-feira (19h), em Uberlândia. Se vencer os dois próximos duelos em casa, diante de seus torcedores, o time mineiro vai se sagrar campeão. O reserva Estevam, com 14 pontos, e Brasília, autor de 19 pontos, brilharam. No Rubro-Negro, destaque para Leandro, cestinha do jogo com 23 pontos.

Apesar da diferença de 11 pontos no placar final a primeira partida da final foi marcada pelo equilíbrio até o fim do terceiro quarto. No último, o Unit/Uberlândia reforçou a marcação e provocou erros seguidos de passes e arremessos do time carioca, que parecia desnorteado em quadra, para irritação do técnico do Flamengo Emanuel Bomfim.

“Parece infantil (categoria de base) jogando, vocês (atletas) trocam a bola e não fazem nada”, esbravejou o treinador, durante intervalo solicitado por ele no momento em que a equipe rubro-negra perdia por 66 a 63, no último quarto.

O jogo começou com bom aproveitamento nos arremessos de dois e de três pontos das duas equipes. Os armadores Marc Brown e Valtinho ditaram o ritmo do primeiro quarto, que terminou com o placar favorável ao Unit/Uberlândia: 25 a 22. Na segunda etapa, Estevam e Mãozão duelaram nos rebotes defensivas e ofensivos (na quadra do adversário). Leandro, do Flamengo, comandou a equipe com assistências precisas e cestas sucessivas, passando a vantagem do marcador para o time rubro-negro: 44 a 41.

Durante o intervalo, as instruções dos dois técnicos foram idênticas: reforçar a marcação defensiva, dificultando a armação de jogadas ofensivas do adversário, e ter mais eficiência nos arremessos de longa e curta distância. O terceiro quarto foi o mais equilibrado (14 a 13) do confronto e, com isso, o Flamengo manteve a liderança no placar: 58 a 54.

No último quarto, parece que o Unit/Uberlândia seguiu melhor as orientações de Hélio Rubens. E o Flamengo, porém, estava apático em quadra, com erros de passes e arremessos pouco condizentes com as atuações da equipe na fase de classificação do Nacional – terminou em segundo lugar.

Ficha Técnica

Flamengo: Mãozão (6), Leandro (23), Alexandre (10), Marc Brown (6) e Marcelo (6). Entraram: Adriano (2), Guto (3), Charles (5) e Olívia (8). Técnico: Emanuel Bomfim. Unit/Uberlândia: Valtinho (9), Brasília (19), Rogério (7), Tony (11) e Janjão (4). Entraram: Helinho (6), Cambraia (5) e Wanderson (5) e Estevam (14). Técnico: Hélio Rubens.