O Uruguai cancelou o treino de reconhecimento da Arena Fonte Nova na tarde desta quarta-feira, véspera da partida decisiva contra a Nigéria, pela segunda rodada do Grupo B da Copa das Confederações. A comissão técnica da seleção uruguaia optou por realizar um treinamento pela manhã no Barradão, também em Salvador, e na parte da tarde fará apenas exibição de vídeos do time nigeriano, para analisar o adversário.

Para o lateral-esquerdo Martín Caceres, o time não será prejudicado por não fazer o reconhecimento do gramado da Fonte Nova. No Recife, a delegação uruguaia também optou por não visitar a Arena Pernambuco antes do jogo de estreia contra a Espanha, quando perdeu por 2 a 1. “Tinha de fazer viagem e era muito tempo de estrada. Tem o fator do cansaço também”, disse o jogador.

Na noite desta quarta-feira, apenas o técnico Oscar Tabárez e o atacante Diego Forlán vão até a Arena Fonte Nova para dar a entrevista obrigatória da Fifa antes das partidas da competição. Isso tudo é um indício também de que o jogador do Internacional será colocado na equipe titular para o confronto com a Nigéria nesta quinta, quando os uruguaios precisam vencer para manter as chances de classificação.