A etapa de Nova York da Liga Diamante teve um espectador ilustre neste sábado. Ainda se recuperando de uma lesão no tendão de Aquiles, que o tirou das competições há duas semanas, o jamaicano Usain Bolt esteve nas tribunas do estádio para acompanhar as provas do dia e declarou que voltará a treinar dentro de sete dias. “Até agora tudo está indo bem e o tratamento está funcionando”, disse o atual campeão olímpico e mundial, e recordista mundial, dos 100 e 200 metros em um entrevista a uma TV norte-americana.

O velocista tinha programado correr os 100 metros na etapa nova-iorquina da Liga Diamante, mas teve que anunciar a sua desistência no final de maio como medida de precaução depois que o tendão de Aquiles de sua perna esquerda se inflamou.

“Não é algo sério, mas meu médico disse que é necessário levar a sério uma contusão no tendão de Aquiles. Por isso, ele me recomendou duas semanas de repouso para assegurar que estarei bem”, disse Bolt, que já tem planos de voltar a treinar. “Será dentro de uma semana”. Sua próxima competição está programada para o dia 8 de julho – na prova dos 200 metros do GP de Lausane, na Suíça.