Num jogo repleto de chances de gol, o Palmeiras encarou a melhor defesa do Campeonato Paulista e conseguiu se sair bem, vencendo o São Bernardo por 2 a 0, nesta quinta-feira à noite, no Pacaembu, pela 11.ª rodada. Alan Kardec fez seu sexto gol no Estadual, igualou-se a Luis Fabiano, e agora só está atrás de Henrique, da Lusa, que tem sete. Valdivia deixou o dele e conseguiu cavar o amarelo que tanto queria para cumprir suspensão jogando pelo Chile.

Vindo de uma derrota o Botafogo, que encerrou sua invencibilidade no Paulistão, o Palmeiras reencontrou o futebol, mas deu espaços para o São Bernardo ameaçar. Com a vitória, foi a 26 pontos, abriu 11 do Rio Claro, e encaminhou a classificação para a próxima fase.

Como os grandes não jogam no carnaval, o Palmeiras só volta a campo quinta-feira que vem, novamente no Pacaembu, contra a Lusa. Já o São Bernardo, com 18 pontos, é terceiro do Grupo C. Na quarta, joga em casa contra o Rio Claro.

O JOGO – Com desfalques para escalar a dupla de volantes, uma vez que não tinha França (suspenso), Josimar (machucado) e Marcelo Oliveira (deslocado para a zaga), Gilson Kleina finalmente deu chance ao uruguaio Eguren como titular.

Mais para frente, Valdivia e Marquinhos Gabriel buscavam entrosamento e levaram perigo aos 14 minutos, quando uma tabela acabou com chute cruzado de Marquinhos, que passou raspando a trave. Aos 17, em ótima trama pela direita, o reforço alviverde rolou para Valdivia fazer, mas o chileno tropeçou na bola.

O jogo era agitado e o São Bernardo ameaçava principalmente com Rodrigo Careca, que fez Fernando Prass trabalhar duas vezes. Aos 18, num chute de longe. No minuto seguinte, num chute cruzado, que o goleiro se esticou para pegar com o pé.

Do outro lado do campo o jogo era pelo alto. Aos 21, Marquinhos Gabriel bateu falta, Kardec resvalou e Wilson Júnior fez grande defesa. Três minutos depois, não havia o que o goleiro fazer. Wendel cruzou da direita, Vinícius não alcançou e a bola sobrou para Kardec abrir o placar.

Novamente em jogada aérea, o Palmeiras teve chance dupla de ampliar aos 29. Em mais uma falta batida por Marquinhos Gabriel, Lúcio cabeceou e Wilson Júnior fez ótima defesa. No rebote, Kardec bateu, mas a zaga do São Bernardo tirou quase em cima da linha.

No segundo tempo o jogo continuou lá e cá. Logo com 4 minutos Careca girou e obrigou Prass a mais uma grande defesa. Mas quem voltou às redes foi o Palmeiras, com Valdivia, apagado depois de um bom início. Aos 10, Vinicius cruzou da esquerda, o chileno deu uma de centroavante, apareceu livre e bateu bonito para dentro.

Punido por forçar um cartão amarelo na Série B do ano passado, desta vez Valdivia foi discreto. Arranjou confusão com um rival e provocou até levar o amarelo. Será desfalque exatamente no jogo do qual não pode participar por estar com a seleção chilena.

FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 2 X 0 SÃO BERNARDO

PALMEIRAS – Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Marcelo Oliveira e Juninho; Eguren, Wesley (Tiago Alves), Valdivia e Marquinhos Gabriel (Mendieta); Vinícius (Patrick Vieira) e Alan Kardec. Técnico – Gilson Kleina.

SÃO BERNARDO – Wilson Júnior; Caíque, Fernando Lombardi, Luciano Castán e Eduardo; Dudu (Márcio Diogo), Marino, Wilian Favoni (Jean Carlos) e Bady; Gil (Eliomar Bombinha) e Rodrigo Careca. Técnico – Edson Boaro.

GOLS – Alan Kardec, aos 24 minutos do primeiro tempo; Valdivia, aos 11 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Aurélio Santanna Martins.

CARTÕES AMARELOS – Luciano Castán e Valdivia.

RENDA – R$ 234.605,00.

PÚBLICO – 6.742 pagantes.

LOCAL – Estádio do Pacaembu, em São Paulo.