Valentino Rossi admitiu que o grave acidente sofrido em um treino livre da etapa italiana da MotoGP, disputada em junho, ainda afeta o seu desempenho. O piloto italiano admitiu que deverá voltar a enfrentar dificuldades durante a etapa japonesa da categoria, no dia 3 de outubro, em Motegi, por conta de dores no ombro. Por conta disso, pode até realizar uma cirurgia após o encerramento da temporada.

“Aragón foi um fim de semana difícil, porque não conseguimos encontrar o ajuste certo para a M1 e porque eu tinha um monte de problemas com meu ombro. A perna está quase de volta ao normal novamente, mas o ombro é um problema e agora sabemos que isso não vai mudar até que tenhamos tempo para tratá-lo adequadamente”, afirmou o piloto da Yamaha.

Rossi disse ter boas recordações de corridas em Motegi, mas admitiu que será um sacrifício participar da próxima prova da MotoGP. “Tenho ótimas lembranças de Motegi, especialmente vencendo o campeonato em 2008, mas eu estou esperando que este fim de semana seja bastante difícil para o meu corpo”, disse.