Com um gol solitário do lateral-esquerdo Ramón, ainda no primeiro tempo, o Vasco venceu o Brasiliense por 1 a 0, nesta terça-feira, no estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga, e garantiu mais uma rodada na liderança isolada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O time carioca chegou aos 42 pontos e emplacou a sétima partida sem derrota na competição – seis vitórias e um empate. Já o Brasiliense perdeu a sequência de três partidas sem perder e se manteve em uma posição intermediária na tabela de classificação, com 27 pontos.

O domínio vascaíno começou já no primeiro tempo. Logo aos cinco minutos, Ramón abriu o placar ao cobrar falta pelo lado esquerdo. A bola passou por toda a área sem desvio e enganou o goleiro Guto. O Vasco teve outras chances para marcar. A melhor delas com Aloísio, que, aos 38, girou sobre o zagueiro, mas parou na defesa de Guto.

No segundo tempo, Aloísio e Carlos Alberto saíram machucados, o que impediu o mesmo ritmo de jogo vascaíno. Apostando nos contra-ataques, os cariocas chegaram com perigo, principalmente com Alex Teixeira, mas não marcaram. Na defesa, Fernando Prass garantiu a vitória com boa defesa em cabeçada de Gustavo.

O Brasiliense ainda teve um gol anulado, aos 26 minutos. Impedido, Thiago Félix finalizou para o gol de Prass, mas o lance já estava parado.

Sem descanso, o Vasco volta a jogar pela Série B na próxima sexta contra o Ceará, no Maracanã. No mesmo dia, o Brasiliense visita o Campinense, no estádio Amigão, em Campina Grande.

Ficha técnica

Brasiliense 0 x 1 Vasco

Brasiliense – Guto; Ânderson, Ailson, César Gaúcho e Edinho; Pedro Ayub, Didão, Flávio e Éder (Rodriguinho); Gustavo (Somália) e Abuda (Thiago Félix). Técnico: Heriberto da Cunha.

Vasco – Fernando Prass; Fágner, Vilson, Gian e Ramón; Mateus, Souza, Enrico (Amaral) e Alex Teixeira; Carlos Alberto (Rodrigo Pimpão) e Aloísio (Adriano). Técnico: Dorival Júnior.

Gol – Ramón, aos 5 minutos do primeiro tempo.

Cartões amarelos – César Gaúcho, Edinho e Pedro Ayub (Brasiliense).

Árbitro – Héber Roberto Lopes (Fifa-PR).

Público e renda – Não disponíveis.

Local – Estádio da Boca do Jacaré, em Taguatinga (DF).