O tormento da Série B do Campeonato Brasileiro para o Vasco pode chegar ao fim neste sábado contra o Criciúma, às 16h30, no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma. Após passar por problemas na reta final da competição, o time carioca precisa de uma simples vitória pela 37.ª e penúltima rodada para confirmar o retorno à elite do futebol nacional pela terceira vez.

Com 62 pontos, o clube cruzmaltino é o vice-líder e tem cinco de vantagem para Náutico e Londrina, que dividem a quinta colocação. Caso os cariocas não vençam os catarinenses, terá de torcer para que a dupla concorrente, no máximo, empate. Sem objetivo na temporada, o Criciúma é o 11.º, com 50 pontos.

Na terceira passagem pela Série B, o Vasco pode repetir a campanha de 2013, quando perdeu o título para o Joinville e só conseguiu o acesso na penúltima rodada. Neste ano, o Atlético Goianiense é quem ficou com a taça, com três rodadas de antecedência, ao aproveitar a queda do time carioca no segundo turno, que fez apenas 23 pontos. A única vez que o Vasco foi campeão foi em 2009.

No jogo que pode ser o do acesso, o técnico Jorginho tem força máxima. Após defender a seleção uruguaia, o goleiro Martín Silva retorna ao time titular. Recuperado de lesão, Andrezinho viajou com o time, mas não tem a escalação garantida. Por conta dos problemas defensivos, o treinador pode manter a equipe com três volantes (Diguinho, Bruno Gallo e Douglas) que venceu o Bragantino, por 2 a 1, na semana passada.

Mesmo sem objetivo nesta reta final da Série B, o Criciúma adotou discurso de motivação para o confronto. Além de poder subir umas posições na tabela de classificação, o jogo é tratado como uma oportunidade para conseguir uma renovação contratual ou encontrar novo clube para a próxima temporada.